Notícias

Nota do SINDSERM enviada à rede Meio Norte – DIREITO DE RESPOSTA

O Sindicato das(os) Servidoras(es) Públicas(os) Municipais de Teresina (SINDSERM), exercendo seu legítimo direito de resposta, vem expressar a indignação de milhares de professoras e professores, diante da atitude do radialista e apresentador Paulo Brito, que de maneira leviana e irresponsável acusou o magistério municipal de “não trabalhar”.
O fato de a Rede Meio Norte manter um trabalhador com baixa instrução e questionável qualificação para a atividade jornalística em seus quadros exige que haja uma preocupação com a formação de Paulo Brito para que venha a frequentar os bancos escolares, de maneira a não comprometer a categoria de jornalistas, agredindo o magistério municipal com seus comentários ofensivos e sem nexo.
Exigimos respeito ao magistério municipal de Teresina e lembramos que estaremos reunidos com todo o serviço público municipal numa ASSEMBLEIA GERAL, NESTA QUINTA FEIRA, ÀS 8H NO TEATRO DE ARENA onde debateremos o reajuste salarial que o Prefeito tem que conceder anualmente, o precatório do FUNDEF, a insalubridade, a produtividade, as mudanças de nível e vários outros direitos desta sofrida categoria.
Sobre o processo que o Ministério Público está movendo contra o Secretário Kleber Montezuma por acumulação ilegal de cargos, Paulo Brito não deve defender o gestor atacando o magistério, que é representado pelo SINDSERM. Se tem provas da inocência de Montezuma, deve apresentá-las ao Ministério Público. Nós, ao contrário, temos provas e já divulgamos que o secretário tem vínculo empregatício com três fontes públicas: IPMT, SEMEC e UESPI, além de receber remuneração superior à do Prefeito. Nenhuma destas situações é permitida pela Constituição Federal.

 
De Paulo Brito exigimos respeito.
Da Rede Meio Norte agradecemos o espaço concedido e que tais ofensas não se repitam.
Para quem OCUPA CARGO PÚBLICO ILEGALMENTE exigimos JUSTIÇA!

Sinésio Soares
Presidente do SINDSERM

Sobre o autor

SINDSERM THE

Sindicato das(os) Servidoras(es) Públicas(os) Municipais de Teresina

Deixe um Comentário